quarta-feira, 9 de abril de 2014

Todo coração tem um fundo falso.
Sobre ele, o amor ao próximo,
o amor a Deus.
Sob ele, EU.

quarta-feira, 26 de março de 2014

Ergui muros
Fechei portas e janelas
Agora meu canto é mudo
Sei apenas do silêncio que paira

Da solidão de quem cala

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Perdão, meu bem,
se  te magoei

É que não danço ao som
da música de outros

Minha canção
(melodia e letra)
quem compõe
sou eu.








quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Aula particular

José são duas colheres de açúcar
nas minhas semanas com suas bochechas
múltiplas e seus olhinhos imensos
de bola de gude sempre investigativos.

No começo era calado
tão disciplinado
nem parecia criança.
Agora José fala pelos cotovelos,
joelhos ,tornozelos, o corpo inteiro.

Juntos fazemos deveres
 e lemos gibis e  poemas.
Entre o dever e a leitura:
suspiros bocejos pensamentos
a preguiça das tarefas da escola
o cansaço do dia de trabalho,
histórias alegrias tristezas.

Em tudo reparamos.
Em tudo nos compartilhamos.

E seus pais nem imaginam que o acontece
quando nos deixam sozinhos
é muito mais que ensinar e aprender

língua portuguesa.

sábado, 5 de outubro de 2013

                                                                                                             

Porque é meu amor
unta -me  com sua saliva
e com as mãos cria em  meu corpo
formas e sentidos novos

Porque é meu amor
sob suas mãos
meu corpo 
é onda gigante
emergindo ilharga
afundando em seu desejo.



sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Vivia e brilhava no céu
E do céu olhava a terra
sonhando como era ser flor

do desejo fez-se queda
e abriu-se em primavera inteira
a beija flores e borboletas

mas à primeira brisa, estremeceu
ao primeiro vento balançou
e quando soprou mais forte
desfez-se flor

perdida de amor pela ventania

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Meu querer avança faminto
na vida
em direções opostas

esgarça-me corpo, mente espírito
bolso  e a paciência dos outros

Até que.

Quero de tudo, tudo
e escolher sempre é morrer

Mas não escolher é não ser.